Jardim de Infância

Refere o boletim paroquial (BP) de Julho de 1963, o seguinte:

“Quando regressarem de férias, lá para o Outubro, os paroquianos terão a alegria de ver erguida toda a estrutura do salão e do Patronato Paroquial (…)”
De assinalar que o nome do Patronato Paroquial estava de tal modo enraizado na gíria popular que o próprio Padre Álvaro Proença, na notícia publicada, o manteve, como se fosse uma homenagem a uma obra que encontrou activa e da qual nasceu.

Com a sua inauguração em 4 de Julho de 1965 o Jardim de Infância começou a funcionar com 120 crianças. Número que, na actualidade, por imposição do Acordo com a Segurança Social, foi reduzido, mercê do espaço físico disponível para 100 crianças, em obediência ao cumprimento legal que estipula 2,5m2 por utente.

Informa o livro ‘Benfica e a sua Igreja’ de onde se capturou esta imagem, o seguinte: “Julgamos ter sido a nossa paróquia a primeira a ter um Infantário em Portugal, quando só, dois anos depois, o Paris-Match noticiava o aparecimento de um, numa paróquia de Paris, como se fosse fenómeno único“.jardim_infancia

O Jardim de Infância para além da educação específica no atendimento pelas respectivas idades, fornece o almoço e o lanche, comportado 1 (uma) Coordenadora pedagógica, 4 (quatro) Educadoras, 5 (cinco) Ajudantes de Jardim de Infância, 1 (uma) Cozinheira e 1 (uma) Ajudante de Cozinha.

A preocupação das várias Direcções que têm presidido ao Centro Social Paroquial tem sido a de transmitir às crianças os valores cristãos e noções adequadas com comportamentos sociais de relacionamentos sadios entre eles e deles com os adultos, tendo como referência, os seus próprios pais.

Com estes não falta o relacionamento e o cuidado especial que merecem, havendo, para o efeito, contactos pessoais e de grupo, através das chamadas ‘Reuniões de Pais’ e de todas as subsequentes formas de diálogo.

Organizam-se, anualmente, Festas de Natal, de Páscoa, dos ‘Finalistas’ que vão frequentar o 1º ano do Ensino Básico e actividades de praia que consistem em proporcionar, anualmente, às crianças, 2 a 3 semanas de praia.

Em consonância com o Projecto pedagógico de âmbito anual, são organizados Passeios, Visitas de Estudo, assim como, comemorações dos dias mais festivos no decorrer do ano escolar.

Top